terça-feira, 14 de junho de 2011

Até aonde a PL 122 interfere na liberdade de expressão, igualdade de direitos e na pedofilia.




Recentemente escrevi os dois textos falando sobre PL 122, homofobia e preconceito, mas acabei deixando passar alguns pontos desses assuntos que são muito importantes para se discutir o assunto sem deixar pontas soltas.

Liberdade de expressão e igualdade de direitos.

Sobre liberdade de expressão eu considero até desnecessário falar, mas os comentários feitos aqui recentemente demonstram a falta de interesse em pesquisar o assunto então acho melhor esclarecer.

Fica bem claro pra quem quiser entender o seguinte:

Em momento algum citar trechos bíblicos, pregar crenças da sua religião ou até mesmo dizer "eu sou contra o homossexualismo" vai ser proibido. Ser contrario a algo, seja isso o que for não é crime e nunca será.

Crime vai ser dizer "eu sou contra o homossexualismo porque o homossexual é promiscuo, porque o homossexual não tem caráter" ou qualquer outra característica que possa depreciar a imagem do ser humano.
Pode-se ser contrario a uma coisa sem ofender aqueles que gostam daquilo. Por exemplo, ao dizer "eu sou contrario ao homossexualismo porque a minha religião prega que isso é pecado" não existe nenhum preconceito contra o homossexual como pessoa, o que existe é uma crença diferenciada e uma opinião demonstrada com respeito ao próximo.

Usando outro exemplo, um não religioso dessa vez.

Ao dizer "eu sou contrario ao homossexualismo, acho errado e antinatural" também não há preconceito contra o homossexual como pessoa, apesar de na maioria das vezes não saberem explicar o porquê de ser "errado", mas nisso não reside nenhum preconceito.

Resumindo, usando a boa educação que todos deveriam aprender desde crianças não existe cerceamento da liberdade de expressão de ninguém.



Quanto à igualdade de direitos, fica cada vez mais fácil mostrar como esse argumento é batido e pouco pensado.

A lei 7.716 e o PL 122 são praticamente a mesma coisa, já que o que o PL 122 sugere é que se agreguem os termos gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero a uma lei já existente e que trata dos crimes de preconceito de raça, cor, religião, etnia, procedência nacional condição de idoso ou deficiência.

Os artigos que serão acrescentados tratarão de todos os grupos acima citados com exceção do artigo 8-B

“Art. 8º-B. Proibir a livre expressão e manifestação de afetividade do cidadão homossexual, bissexual ou
transgênero, sendo estas expressões e manifestações permitidas aos demais cidadãos ou cidadãos.

O que já é auto-explicativo, se lembrarmos que idosos se beijam sem que ninguém impeça, religiosos também, negros, brancos, índios, deficientes e estrangeiros. Já quando se trata de homossexuais, se estiverem por exemplo num Shopping e se beijarem a probabilidade de um segurança truculento aparecer e pedir que parem ou então deixem o local é de muito mais do que 50%. Defendo que se pagam os mesmos impostos então tem os mesmos direitos eles não devem ser cerceados por causa de comodismo alheio.


Tirando esse artigo que trata só dos homossexuais, todo o resto da lei engloba os grupos descritos acima, logo não há como ninguém alegar tratamento diferenciado para os homossexuais ou para qualquer grupo.

Lembre-se que quando se fala em COR não é só o NEGRO que esta protegida por lei, o BRANCO também. Quando se fala em ORIENTAÇÃO SEXUAL não é só o HOMOSSEXUAL que vai ter direitos, o HETEROSSEXUAL também.


Resumindo, caso aprovada a PL 122 engloba brancos, negros, amarelos, índios, albinos, azuis, roxos, e todas as cores de gente que você puder imaginar alem de todos os tipos de religiosos de todos os países sendo eles deficientes físicos, mentais ou idosos do sexo masculino ou feminino independente de com quem escolham se relacionar. Tem certeza que essa lei privilegia mais uns do que outros?


Esqueci de comentar também o absurdo que alguns pseudo-advogados tem falado em comentários nos blogs por ai relacionando o artigo 1º com proteção à pedofilia, vou então fazer uma explicação bem rápida pra vocês entenderem como não existe essa relação.


“Art. 1º Serão punidos, na forma desta lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça,
cor, etnia, religião, procedência nacional, gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero. (NR)"

Alguns dizem que ao afirmar que a pedofilia é a sua opção sexual escapariam de ser condenados por abuso sexual de crianças ou porte de material de pedofilia (fotos e vídeos).

Impossível que esse artigo faça tal coisa por um motivo bem simples:

O artigo diz que serão punidos na forma da lei os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de opção sexual e não que com proteção do artigo fica permitido praticar qualquer tipo de crime baseado em sua opção sexual.

A LEI Nº 12.015 trata do assunto de forma muito clara nos artigos 213, 218, 228, 217-A, 218-A e 218-B, portanto é impossível que alguém pratique atos de pedofilia e não seja punido por isso.
Quanto a portar ou divulgar fotos ou vídeos com material pornográfico envolvendo crianças isso fica por conta da lei 8.069 se eu não me engano.

Acho que agora não sobra nenhuma ponta solta sobre o assunto pra esclarecer, né? 

37 comentários:

Mônicats disse...

Legal essa colocação Lu.
Creio que não são leis que deveriam reger essa ou aquela opção.
Cada um deveria andar conforme a sua dança. Sem ter que ficar convidando todos no baile para dançarem juntos a sua musica escolhida.
E que cada descoberta de pedofilia, deveriam era matar o infeliz, ou pelo menos arrancar o ........ para ficar pensando na merda que fez.

Georgia disse...

Eu sinceramente acho que o erro mesmo dessa lei é o Art. 8º-B. "Proibir a livre expressão e manifestação de afetividade do cidadão homossexual, bissexual ou transgênero, sendo estas expressões e manifestações permitidas aos demais cidadãos ou cidadãos".

Ao invés disso deveria estar escrito "Proibir a livre expressão e manifestação de afetividade do cidadão independente de raça, cor, religião, etnia, procedência nacional, condição de idoso, deficiência, gênero, sexo, e identidade de gênero E CLASSE SOCIAL. (Ninguém lembrou dessa condição que também sofre preconceito).

Como você diz, colocando gênero, sexo, blablabla, inclui tanto hetero como homos. E é exatamente nisso que eu acredito. Então nesse artigo extra, que se aborde tudo, e não só os LGBTTs.

E eu realmente acredito que, com um advogado bom de lábia, pedófilos talvez se safem sim. Há uma brecha, uma chance. Ele pode alegar que é a orientação sexual dele curtir Ninfetinhas, por exemplo.

Os termos vários para dizer se a pessoa é Hetero ou LGBTT são muito confusos e não foram explicados no projeto de lei. Sexo. Ok, entendido. Gênero. Pra mim isso é redundante, é o mesmo que sexo. Identidade de gênero. Beleza, você se identifica como gay, lésbica, travesti, etc. Orientação sexual. Hm.....? É a mesma coisa? Orientação do que? Se eu gosto de homem e/ou mulher, e o que mais? Mas isso não faz sentido, é redundante! Muito termo para complicar, sem nenhuma explicação na lei, simplesmente está lá. E soa redundante. E nessas redundâncias e dificuldades de interpretação que se abrem as brechas.


Mô!! Não deveriam nem capar, é pena de morte neles! Direitos Humanos para vagabundo doente mental porra nenhuma!


Nir e Jho

Luiz Freitas Blog disse...

Mudar o texto do Art.8º-B seria mais uma redundância na lei, ja que o Art.8º-B é o complemento do Art.8-A que diz o seguinte:

“Art. 8º-A. Impedir ou restringir a expressão e a manifestação de afetividade em locais públicos ou
privados abertos ao público, em virtude das características previstas no artigo 1º"

A criação do Art.8º-B é totalmente justificável pelo fato de que negros, religiosos, estrangeiros, brancos, heteros e deficientes podem por exemplo se beijar sem que ninguém os incomode caso seja permitido faze-lo no local.Ja com os homossexuais não.
A o artigo trata com igualdade, vide Art.8º-A mas reforça para que não haja duvidas com o Art.8º-B.

Quanto a pedofilia realmente acho a chance quase inexistente pelos argumentos ditos la em cima. O pedofilo pode escapar da cadeia alegando insanidade ou qualquer outra coisa, mas com uma lei que trata sobre preconceito não tem como ele alegar que quebrar todas as leis que envolvem abusar sexualmente de uma criança é permitido.
Genero quer dizer masculino, feminino, transsexual ou andrógeno, se eu não me engano.
Orientação sexual englobaria heterossexual, homossexual, bissexual e mais alguma coisa que eu me esqueci.

Jônatas Araújo disse...

Eu concordo neste ponto que com o autor do Blog.
Pedofilia é crime, e por mais que o pedófilo venha alegar em defesa orientação sexual, as possibilidades são muito remotas de ser absolvido.

Essa questão da pedofilia é muito complicada.
Pode existir sim possibilidades, mas creio que nossa justiça, mesmo sendo ela a justiça Brasileira, não engoliria tal argumentação da parte da defesa. Vivemos em um país que precisa de mudanças, mas aceitar a pedofilia como orientação sexual é algo que acho muito pouco provável.

Na Holanda, que é um país muito liberal, surgiu um projeto lei para legalizar a pedofilia.

É absurdo que isso exista. Por ai vemos que liberalidade não é necessariamente desenvolvimento. Nesse caso eu classificaria como atrofiamento da mente do infeliz relator do deste projeto na holanda.

No mais, por mais que eu acho que irão acontecer alegações sobre a pedofilia neste projeto, acho pouco provável de ser aceito.
Sou contra o Projeto 122, mas não tão extremista a esse ponto.

Jônatas Araújo disse...

Luiz Carlos.
Gostei da enquete que fez sobre o Projeto lei.
Simples e objetiva, sem direcionamentos nem entendimentos errados.
Parabéns

Sidnei disse...

Artigo 1º: Serão punidos na forma desta lei os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, procedência nacional, gênero, sexo, orientação sexual, identidade de gêneros.
Comentário: Eles tentam se escorar na questão de raça e religião para se beneficiar. O perigo do artigo 1º é a livre orientação sexual. Esta é a primeira porta para a pedofilia. É bom ressaltar que o homossexualismo é comportamental, ninguém nasce homossexual; este é um comportamento como tantos outros do ser humano.
________________________________________
Artigo 4º: Praticar o empregador, ou seu preposto, atos de dispensa direta ou indireta. Pena: reclusão de 2 a 5 anos.
Comentário: Não serão os pais que vão determinar a educação dos filhos — porque se os pais descobrirem que a babá dos seus filhos é homossexual, e eles não quiserem que seus filhos sejam orientados por um homossexual, poderão ir para a cadeia.
________________________________________
Artigo 8º-A: Impedir ou restringir a expressão e a manifestação de afetividade em locais públicos ou privados abertos ao público, em virtude das características previstas no artigo 1º desta lei. Pena: reclusão de dois a cinco anos.
Comentário: Isto significa dizer que se um pastor, ou padre, ou diretor de escola — que por questões de princípios — não queira que no pátio da igreja, ou escola haja manifestações de afetividade, irão para a cadeia.
________________________________________
Artigo 8º-B: Proibir a livre expressão e manifestação de afetividade do cidadão homossexual, bissexual ou transgênero, sendo estas expressões e manifestações permitidas aos demais cidadãos ou cidadãs. Pena: reclusão de dois a cinco anos.
Comentário: O princípio do comentário é o mesmo que o do anterior, com um agravante: a preferência agora é dos homossexuais; nós, míseros heterossexuais, podemos também ter direito à livre expressão, depois que é garantida aos homossexuais. O parágrafo do artigo que vamos comentar a seguir "constituiu efeito de condenação".
________________________________________
Artigo 16º, parágrafo 5ª: O disposto neste artigo envolve a prática de qualquer tipo de ação violenta, constrangedora, intimidatória ou vexatória, de ordem moral, ética, filosófica ou psicológica.
Comentário: Aqui está o ápice do absurdo: o que é ação constrangedora, intimidatória, de ordem moral, ética, filosófica e psicológica? Com este parágrafo a Bíblia vira um livro homofóbico, pois qualquer homossexual poderá reivindicar que se sente constrangido, intimidado pelos capítulos da Bíblia que condenam a prática homossexual. É a ditadura da minoria querendo colocar a mordaça na maioria. O Brasil é formado por 90% de cristãos. Não queremos impedir ou cercear ninguém que tenha a prática homossexual, mas não pode haver lei que impeça a liberdade de expressão e religiosa que são garantidas no Artigo 5º da Constituição brasileira. Para qualquer violência que se cometa contra o homossexual está prevista, em lei, reparação a ele; bem como assim está para os heterossexuais. A PL-122 não tem nada a ver com a defesa do homossexual, mas, sim, quer criminalizar os contrários à prática homossexual — e fazem isso escorados na questão do racismo e da religião.

Carlos disse...

Só faltou você dizer que o PL 122 ERA, SIM, atentatório contra a liberdade de expressão em sua forma original.

Marta Suplicy fez mudanças no projeto depois de protestos da chamada "bancada da bíblia".

André disse...

O caso: um homem de 42 anos dorme com uma garota de 14 anos...
ele tem declaração dela gravada provando que o ato sexual não foi um abuso e ela consentiu.
Esse homem é um pedófilo e mesmo a sociedade julgando ele como criminoso a lei protege ele. Pedofilia é uma opção sexual... estupro é crime.

Bala disse...

E se de fato for verdade que homossexuais são mais promíscuos???? Vocês querem punir quem ousa dizer a verdade?
E se eu afirmar que um indivíduo homossexual tem menos chance de ser feliz e realizado socialmente, constituindo família, por exemplo? Vão me processar e prender por isso? E se eu estiver dizendo somente a verdade?

Por acaso o conceito de liberdade de expressão depende de que se tenha certeza em torno daquilo que se afirma? Caso contrário é preconceito e discriminação? Nunca lhes ocorreu que pode ser apenas opinião?
Exigir a garantia antecipada de que uma afirmação seja verdadeira para que possa ser expressada é ridículo e impossível na prática! A todo tempo nos expressamos e corremos o risco de errar ou acertar. Mas só saberemos onde está a verdade enquanto pudermos nos expressar e dizer o que pensamos!

Outra coisa, a garantia, para os homossexuais, da mesma liberdade de expressão afetiva garantida aos heterossexuais, sob pena de crime, equivale a afirmar que a afetividade homo e hetero se equivalem! Que são a mesma coisa, que são igualmente desejáveis ou indesejáveis! Isso é ridículo! As pessoas nascem com pênis ou vagina. A humanidade se procria e se perpetua pela combinação das duas coisas. É óbvio e natural que o homossexualismo é menos desejável e menos normal do que o hetero. Posso afirmar isso sem nenhum problema, pois é apenas a verdade (nem que seja a minha verdade, a minha opinião).

Esse tipo de lei fere todas as noções de direito natural, de organização social e constituição de família, pois equipara ao natural o que é claramente um desvio do natural.

O que deveria ser proibido seria discriminar UM INDIVÍDUO em razão de seu comportamento sexual, seja homo ou hetero!
Agora, proibir que se diga o que quiser DO COMPORTAMENTO OU DO GRUPO é completamente absurdo, uma vergonha que cidadãos que se julgam de bem defendam esse tipo de censura!
Ninguém discrimina outra pessoa em particular quando se refere a um grupo. Eu afirmo aqui e agora, por exemplo, que bahianos são preguiçosos, e daí? Conheço bahianos que dizem a mesma coisa e isso não quer dizer que todo e qualquer bahiano seja. Tenho o direito de ter opinião e me expressar sobre "ser bahiano" sobre "ser carioca", sobre "ser Corinthiano", sobre "ser homossexual" (porque não???), sem discriminar ninguém em particular.

Tudo isso é uma grande vergonha que só poderia ocorrer nessa selva chamada Brasil.

Jônatas Araújo disse...

Pequena correção que afirmaram ali em cima.
A Marta tentou negociar a mudança com os parlamentares evangélicos da seguinte forma, ficaria a livre os pastores para exercerem sua doutrina dentro dos templos, e poderiam falar que homosexualidade é pecado dentro dos templos apenas. Ficaria ainda restringido de falar em veículos informativos e publicamente, ou seja, fora dos seus templos não poderia ser falado. É evidente que não foi aceito.
Os homosexuais podem fazer passeatas pelas ruas de São paulo e isso é livre, mas os religiosos terão que ser restringidos?
Não estou defendendo ninguém, mas onde fica a igualdade neste ponto?
É como eu disse, o projeto esta errado, só não vê quem não quer ver.

Kalhysha disse...

Tem gente que nem explicando com desenhos entende -.-

Como o Sidnei. Ja foi feita a lavagem cerebral, agora vão torturar a bruxa até ela confessar seus pecados, pois afinal é uma bruxa.

Quem tem educação é perfeitamente capaz de se posicionar contra o homosexualismo sem ofender ninguém.

"É bom ressaltar que o homossexualismo é comportamental, ninguém nasce homossexual; este é um comportamento como tantos outros do ser humano. "

Assim como ninguém nasce com uma religião, né?? =3 Religião também é tão anti-natural quanto o homosexualismo.
---------------------------

Quanto a pedofilia. A Holanda não está fazendo nada de absurdo, está apenas vendo a possibilidade de que muitas adolescentes (não crianças, adolescentes...ja com peito e menstruação) sabem que querem sexo. E querem com homens mais velhos.
Homens esses que não sentiram-se atraidos por um corpo infantil, mas sim por um corpo jovem desenvolvido.

Não estão legalizando o sexo com crianças de 7 e 8 anos que não sabem o que é sexo....estão falando de adolescentes menores de idade com corpo de 18.
Afinal com criança ainda é estupro. E estupro é crime idependente da idade.

Se pedofilia for vista como orientação sexual, qual o problema??? Se esse pedofilo não abusar de nenhuma criança e nem ao menos circular material proibido do que da pra acusa-lo??
De ter desejos por criancinhas mas controla-los pra não machucar ninguém?

Sidnei disse...

Bom a Kalhysha disse que me fizeram lavagem cerebral, simplesmente porque citei verdades que qualquer advogado ou pessoa que tenha conhecimento de causa pode confirmar, não vou me basear é em pensamentos e opniões de pessoas ou blogueiros que não sei qual é a sua formação, e principalmente qual os seus interresses. Disse que não tenho educação porque ofendi a alguem, gostaria de saber aonde ofendi alquem já que só citei a Lei PL122, e a VERDADE dos perigos que ela imputa a Sociedade, e se eu faço parte da mesma tenho todo o direito de me posicionar contra ou a favor, afinal estamos num País Laico pelo menos por enquanto , pois estão tentando nos impedir de continuar assim principalmente com leis como essa, e com comportamentos contrários a constituição como aconteceu com o STF, e pra terminar me fizeram lavagem cerebral e ela ou ele não sabemos é afavor da pedofilia, olha a sua afirmação. Se esse pedofilo não abusar de nenhuma criança e nem ao menos circular material proibido do que da pra acusa-lo??.Gente se alguem conhece algum pedofilo com esse perfil por favor levem no Fantastico, depois é em mim que fizeram lavagem cererbral. Seria comico se não fose trágico.

Kalhysha disse...

Sidnei querido =3
Interpretação de texto básica não é seu forte né?

Aonde eu disse que você é mal educado ou até que ofendeu alguém? =3
Eu disse que quem é educado consegue se posicionar contra sem ofender ninguém.

O que comentei sobre você foi que mesmo seus argumentos tendo sido desmistificados pelo blogueiro...você não conseguiu sair da mesma posição. Não importa o quanto te expliquem o porque a pl/122 não fará nada de mais, você ja está estagnado.

E se você parar de ter a visão rasa sobre pedofilia e estudar um pouco pode descobrir que está sendo formado um grupo de ajuda a pedófilos. Nesse grupo pessoas se ajudam a desvendar essa vontade obscura e controla-la. E existem pessoas que vão em psicólogos desesperados porque sentem desejo de fazer sexo com a filhinha ou sobrinha mas não querem pois sabem que é errado, essas pessoas se sentem o lixo da humanidade e querem mudar. Eles estão procurando ajuda para não cometerem nenhuma atrocidade devido a suas vontade obscura.
Mas obviamente que não iriam se expor para depois serem linchados na rua pelo gado lesado mesmo não tendo feito nada de errado....apenas terem desejos que controlam.

Luiz Freitas Blog disse...

É ridiculo que comentarios como o do Sidnei sejam levados a sério, primeiro porque a interpretação utilizada nesse texto esta fora do contexto da lei, ja que a mesma trata apenas de crimes de discriminação e preconceito, de modo que apenas processos relacionados a discriminação e preconceito possam ser movidos usando a lei como base.
Além disso, acho que alguem que copia e cola um texto que esta nos comentarios de quase todos os blogs e sites que tratam sobre o assunto sem se dar ao trabalho de modificar sequer uma unica virgula não merece nem atenção, ja que demonstra não ter uma opinião propria sobre o assunto, e sim ser mais um de opinião formada por Ctrl C + Ctrl V e com incapacidade de defender a propria opinião de forma coerente com suas proprias palavras.

Bala disse...

Sim, religião é anti-natural, mas representa a tentativa humana de romper com sua natureza egoísta em nome da crença numa referência superior, que nos motiva a buscar sermos melhores. Desejar ser menos egoísta, tentar perdoar, tentar ser honesto, defender o direito e a justiça, tudo isso está na essência da proposta religiosa. Para desenvolver o espírito na busca dessa transformação, um dos requisitos é suprimir os desejos da carne, a busca desenfreada de prazeres, sejam eles o sexo, a riqueza, o luxo ou o que for.
Portanto, o homossexualismo é anti-natural no sentido oposto ao da religião, pois se opõe ao desnvolvimento do espírito.


Portanto, não queira comparar as duas coisas por serem anti-naturais, pois uma vai contra nossa natureza ruim, outra contra o que é bom.

Ah! Se as pessoas usam a religião para julgarem umas às outras e serem arrogantes é porque não deixam de serem humanas mesmo quando tentam ser melhores. O problema é que para vocês só interessa enxergar aquelas que falham.

Kalhysha disse...

Usei a comparação mais mesmo por ser o argumento falho que os religiosos usam sem pensar muito =3

Mas posso citar tantas coisas anti-naturais aqui. Agua encanada, plastico, carros .....e não vem me dizer que isso serve para evoluirmos espiritualmente ou como espécie, pois esse nosso desenvolvimento tecnológico está nos levando direto pra extinção além de nos afastar de nossos irmãos.

Mas o homosexualismo não é anti-natural.
Ao contrario da religião, carros e poliéster que existe apenas entre humanos o homosexualismo está presente em:
golfinhos, percevejos, touros, pinguins, girafas, macacos, leões, elefantes, varias aves etc. São muuuuitas especies para alguém ter a pachorra de falar que é anti-natural....é apenas incompreendido por estudiosos o motivo evolutivo, mas também são os ornitorrincos e isso não os faz menos naturais.

Vale a pena citar os cisnes negros, cerca de 25% deles escolhem outros machos para serem seus parceiros e ficam casados durante anos. Às vezes, alguns machos têm relações com fêmeas e quando ela põe os ovos a expulsam e criam os filhotes juntos, sem a presença da fêmea. Inclusive a chance de sobrevivencia dos filhotes aumentam quando são criados por um casal de machos. Eles tem mais chance de sucesso.
Assim como estatisticamente crianças criadas por casais de lésbicas vão melhor na escola.

Kalhysha disse...

E o que diabos o homosexualismo tem que vai contra a natureza boa do espirito???
Só porque amam alguém do mesmo sexo não quer dizer que saem fazendo bacanais a torto e direito.

Homosexuais podem ser até mais castos que crentes cujos pais querem que case virgem.
A escolha de com quem quer se formar uma familia não influencia na promiscuidade.
Quem é promiscuo é promiscuo seja hetero ou homo.
Existem homosexuais que se descobrem ao encontrarem a pessoa com quem querem passar o resto da vida...as vezes até são com quem vão perder a virgindade (qualquer tipo de virgindade) e passam a vida inteira fieis a esse sentimento.

Ah sim. Uma notinha sobre esse preconceito com religiosos....provavelmente até agora estão achando que eu sou ateia ou no maximo agnóstica.
Sou católica crismada que vai todos os domingo à missa e presta atenção no sermão do padre, não sou cultuadora de imagens, apenas sei que elas servem para ajudar na hora de se concentrar para orar. Meus pais são ministros da igreja. Sou uma criança abençoada por Deus desde o dia em que meu pai me encostou no vidro do santo sudário e disse "permita que eu lhe ajude a cria-la" (ele me entregou para Jesus me criar), sempre fui sortuda, tive meus pedidos atendidos e preguei a palavra de Jesus sem citar a biblia, pois pra quem entende os ensinamentos dele de coração, nenhuma decoreba é necessária. E desde os 15 anos cheguei na resposta de uma pergunta que muitos fazem "Se deus é tão bom, por que permite o sofrimento??" (resposta: Porque sem sofrimento e obstáculos não evoluímos. Ficamos estagnados mentalmente. O sofrimento, o mal, serve para a nossa evolução espiritual)

Luiz Freitas Blog disse...

Nunca esquecendo que em momento algum podemos reger nossa legislação usando bases religiosas, já que NENHUM ser humano é obrigado a seguir a doutrina de qualquer religião.

Independente de homossexualismo ser escolha, condição ou qualquer outra coisa, devem ser amparados por lei assim como todos os brasileiros.

Sidnei disse...

Resposta a Valhysha, estava sem entrar na Net e não tinha visto o comentário que ela ou ele, não sei, tinha postado sobre mim. 1º como grande parte dos gays ele ou ela mente, pois é só ler o que escreveu sobre mim e vão perceber que nitidamente está me chamando de mal educado, não tem problema pois a mentira é inerente ao homossexualismo. 2º disse que meus argumentos foram desmíficados pelo bloqueiro, só rindo, eu nunca que trocaria o que dizem pessoas inteligentes como: Reinaldo Azevedo, colunista da Veja, Dr. Zenóbio Fonseca, Olavo de Carvalho, Jornalista, Filósofo, Ensaísta e Astrólogo, Senador Magno Malta, Juiz Jerônimo Pedro Villas Boas, entre outros, todos afirmam com veemência que esta lei é um crime contra a Sociedade e é Inconstitucional, para ficar com a opnião de um bloqueiro que não sei sequer sua formação, e pior que é tendencioso pois não aceita opnião contrária, pois já vi comentários que ele apaga por não ter argumentos para refutar o que foi postado. 3º O que escrevi, fala sobre a lei e o que ela acarreta e tenho realmente guardado em meu computador, pois o que penso é imutável, pois tenho certeza da sua veracidade, e pra terminar estava me segurando para escrever isso, mas olhem no blog dessa pessoa e vão ver que tudo que escreve é só para defender o gays e essa lei absurda, está mais do que claro que ele é gay e se esconde atrás de um casamento que não existe.

Luiz Freitas Blog disse...

Lógico, afinal o Sidnei só citou fontes que não são nem um pouco tendenciosas em seus comentários, como o Reinaldo Azevedo... Se o quer pensa é imutável, você só demonstra alem de burrice, a cabeça pequena demais para aceitar qualquer coisa que venha de fora da sua minuscula forma de raciocínio.
Se tivesse se dado ao trabalho de ler, veria que consegui refutar seus argumentos sem ter o menor trabalho, apenas usando como base o texto da lei.
Como parece ter preguiça até de procurar isso, vou colocar aqui pra você.

Kalhysha não te chamou de mal educado, mas eu te chamo de burro, afinal, se não fosse teria entendido facilmente que o que ele disse foi que qualquer um pode ser contrario ao homossexualismo usando de boa educação e sem ofender o homossexual como pessoa, e se tiver capacidade para isso não infringiria lei nenhuma.

Luiz Freitas Blog disse...

Artigo 1º: Serão punidos na forma desta lei os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, procedência nacional, gênero, sexo, orientação sexual, identidade de gêneros.

Comentário: Eles tentam se escorar na questão de raça e religião para se beneficiar. O perigo do artigo 1º é a livre orientação sexual. Esta é a primeira porta para a pedofilia. É bom ressaltar que o homossexualismo é comportamental, ninguém nasce homossexual; este é um comportamento como tantos outros do ser humano.
________________________________________
-- Se tivesse realmente lido o texto que resolveu comentar, teria visto que ficou claro que não existe porta para a pratica de pedofilia, ja que abuso sexual de crianças e adolescentes é um crime ja previsto em lei assim como portar material de pedofilia como fotos ou video. Alem disso, o texto da lei preve que SERÃO PUNIDOS OS CRIMES DE PRECONCEITO E DESCRIMINAÇÃO e não que fica permitido quebrar qualquer tipo de lei por causa de da sua orientação sexual. o artigo é muito claro quanto a isso.
________________________________________

Artigo 4º: Praticar o empregador, ou seu preposto, atos de dispensa direta ou indireta. Pena: reclusão de 2 a 5 anos.

Comentário: Não serão os pais que vão determinar a educação dos filhos — porque se os pais descobrirem que a babá dos seus filhos é homossexual, e eles não quiserem que seus filhos sejam orientados por um homossexual, poderão ir para a cadeia.
________________________________________
-- Demitir alguém por descobrir que a pessoa é homossexual é puro preconceito e deve ser punido como tal. Ao se contratar um funcionário, avalia-se o caráter e aptidão para a função que foi contratado. Se o mesmo não demonstrou nenhuma falta de aptidão ao exercer o seu trabalho, o patrão pode orientar para que não fale sobre sua vida pessoal para a criança e isso deve ser respeitado pelo funcionário, caso não aconteça, se torna conduta indevida e ai sim o patrão pode e deve demitir o funcionário.
________________________________________

Artigo 8º-A: Impedir ou restringir a expressão e a manifestação de afetividade em locais públicos ou privados abertos ao público, em virtude das características previstas no artigo 1º desta lei. Pena: reclusão de dois a cinco anos.
Comentário: Isto significa dizer que se um pastor, ou padre, ou diretor de escola — que por questões de princípios — não queira que no pátio da igreja, ou escola haja manifestações de afetividade, irão para a cadeia.
________________________________________
-- Tanto numa igreja quanto numa escola, existem normas internas, onde não é permitido a cidadãos de nenhum tipo que troquem carinhos como beijos e outras coisas, portanto o artigo se refere a locais como praças, cinemas, shopping centers, restaurantes, parques e etc.

Luiz Freitas Blog disse...

Artigo 8º-B: Proibir a livre expressão e manifestação de afetividade do cidadão homossexual, bissexual ou transgênero, sendo estas expressões e manifestações permitidas aos demais cidadãos ou cidadãs. Pena: reclusão de dois a cinco anos.

Comentário: O princípio do comentário é o mesmo que o do anterior, com um agravante: a preferência agora é dos homossexuais; nós, míseros heterossexuais, podemos também ter direito à livre expressão, depois que é garantida aos homossexuais. O parágrafo do artigo que vamos comentar a seguir "constituiu efeito de condenação".
________________________________________
-- A interpretação de texto não é o forte da pessoa que redigiu esse comentário infeliz, isso fica claro pra todos, mas vamos la.
ao dizer "sendo estas expressões e manifestações permitidas aos demais cidadãos ou cidadãs." o que se quer dizer é que não se pode impedir livre expressão e manifestação de afetividade em locais onde outros cidadãos ja tenham esse direito e não que os outros cidadão só vem obter esses direitos depois dos homossexuais. Ate porque, venhamos e convenhamos, se eu estiver com minha esposa num shopping center, sentar num banco e beija-la, nada acontece. Mas se um casal homossexual fizer o mesmo, um segurança se aproxima e pede que parem ou se retirem do local, e não o contrario.
________________________________________

Artigo 16º, parágrafo 5ª: O disposto neste artigo envolve a prática de qualquer tipo de ação violenta, constrangedora, intimidatória ou vexatória, de ordem moral, ética, filosófica ou psicológica.
Comentário: Aqui está o ápice do absurdo: o que é ação constrangedora, intimidatória, de ordem moral, ética, filosófica e psicológica? Com este parágrafo a Bíblia vira um livro homofóbico, pois qualquer homossexual poderá reivindicar que se sente constrangido, intimidado pelos capítulos da Bíblia que condenam a prática homossexual. É a ditadura da minoria querendo colocar a mordaça na maioria. O Brasil é formado por 90% de cristãos. Não queremos impedir ou cercear ninguém que tenha a prática homossexual, mas não pode haver lei que impeça a liberdade de expressão e religiosa que são garantidas no Artigo 5º da Constituição brasileira. Para qualquer violência que se cometa contra o homossexual está prevista, em lei, reparação a ele; bem como assim está para os heterossexuais. A PL-122 não tem nada a ver com a defesa do homossexual, mas, sim, quer criminalizar os contrários à prática homossexual — e fazem isso escorados na questão do racismo e da religião.

________________________________________

De novo o autor desse texto(que não é o Sidnei, certeza)demonstra falta de conhecimento jurídico e má vontade em compreender sobre o que se trata o projeto de lei.

Ação violenta significa qualquer ato de violência, seja ela física ou verbal, ação constrangedora é toda aquela que usa da condição do próximo para diminui-lo em frente de outras pessoas, ação intimidatória é toda aquela em que se ameaça a segurança, estabilidade ou a integridade do próximo e ação vexatória é toda aquela que difama o próximo usando-se de sua condição para dar-lhe atributos que possam denegrir sua imagem. De ordem moral, ética, filosófica ou psicológica quer dizer que não se pode fazer isso com bases em "preceitos morais e éticos" tais como "eu acho que é errado e então homossexuais não tem carater" e "filosóficos e psicológicos" tais como "a Bíblia condena o homossexualismo, pra mim eles são todos imbecis que não foram educados da maneira correta" ao que poderia ter sido usado respectivamente "eu acho homossexualismo errado pois aprendi dessa forma" e "a minha religião condena o homossexualismo, por isso eu sou contrario e esse tipo de pratica" e ai não haveria ofensa sob nenhum aspecto.

Luiz Freitas Blog disse...

No mais, leia novamente os meus textos e entenda que o PL122 engloba todas as classes de pessoas existentes. Brancos, negros, pardos, religiosos, não religiosos, jovens, idosos, deficientes, homossexuais, heterosseauxis, homens e mulheres, ja que esses artigos só vem somar a uma lei ja existente.

No twitter você me encontra como usuario @luizfreitas3, no Orkut como luizrf333@gmail, facebook e msn luizrf33@hotmail.com, la você pode tirar todas as duvidas sobre minha vida pessoal que tiver vontade, mesmo nada disso sendo da sua conta.
Obrigado.

Kalhysha disse...

Luiz ja falou tudo ¦D
só queria acrescentar um ps:
...I'm a girl '-'

Sidnei disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Luiz Freitas Blog disse...

Comentario do Sidnei apagado por ser ofensivo.
Se o mesmo quiser, refaça o comentario com toda a boa educação que pelo vistou sua mãe não lhe ensinou e não haverá problema nenhum em sua argumentação permanecer aqui no meu blog.
Deixo bem claro que ele fica livre a comentar novamente contanto que saiba usar de boa educação.

Sidnei disse...

Mais uma vez foi provado é um blog tendencioso, aonde o seu adm. apaga o que for contarário a seus pensamentos, me chamar de burro não é ofensa?, foi essa a educação que sua mãe se é que vc teve lhe deu , volto a falar é um gay enrustido e mimado, que fica com raivinha por não aceitarem o que ele pensa.

Kalhysha disse...

Vixi, acaso xingou alguém Sidnei???
Não sabe ser educado??
Então é por isso que se sentiu ofendido desde o começo? porque carapuça serviu? =/

E cara, o blog demonstrou não ser tendencioso justamente pelo dono ter explicado o motivo de apagar o comentário.
E quem ta com raivinha aqui é você '-' principalmente se chegou ao ponto de não ter argumentos e apelar para xingamentos sem fundamentos e preconceituosos.


ps: a maior prova de que você não sabe interpretar texto é até agora a pouco não saber se eu era uma mulher ou homem sendo que sempre usei o feminino quando estava me dirigindo a mim.

Luiz Freitas Blog disse...

Refaça o texto contendo os mesmos argumentos de forma não ofensiva e os comentarios continuarão aqui. Não tenho por que apagar comentarios contrarios ao meu, ja que mais de uma vez tive plena capacidade de superar os seus argumentos utilizando fatos e bases legais e não achismo e opinião pessoal. Reinaldo Azevedo é colunista da VEJA e só, ele não tem nada que o torne intocável, especial ou que faça com que suas opiniões pessoais sobre um assunto sejam mais fortes do que fatos jurídicos.

Te convido a comentar novamente, se conseguir redigir o comentário sem ofender a ninguém.

Sidnei disse...

Gente a Luiza ficou nervosa, não tenho culpa se vc não aceita pensamentos contrários aos seus, mas como já disse, isso é coisa de homossexual, quando alguém discorda, eles ficam loucos e partem para a MENTIRA e para a OFENSA. Citei nomes e disse que não são tendenciosos porque expressam seus pensamentos e não apagam os comentários que são contrários aos seus, coisa que não posso dizer do blogueiro(a) em questão. 1º o que penso é imutável sim, em se tratando do assunto em questão, tanto é que até a Marta Suplicy está recuando temporariamente porque percebeu que o Povo em sua MAIORIA é contrário a essa lei criminosa. 2º É porta para a pedofilia sim, porque abre precedente devido a livre Orientação Sexual, uma pessoa pode chegar perante o Juiz e alegar que a Orientação Sexual dele é com meninos ou meninas menores de idade e que não obrigou ou forçou á ninguém, vai com isso deixar o Juiz em uma situação difícil, porque nossas leis são falhas e os advogados vivem procurando furos na lei e quanto a dizer que é crime previsto, vale lembrar que a união gay esta prevista na constituição como errada pois consta que família é entre homem e mulher e o STF afrontou a mesma, podendo acontecer também o mesmo em casos como esse e digo que corroboram com esse pensamento, Juristas, Juizes, Advogados de renome e não um blogueiro qualquer. 3º Tenha os Pais todo o direito de não querer por ex: que uma babá homossexual cuide dos seus filhos, isso não é preconceito isso é zelo, esse lei coloca o homossexual como ser competente por natureza, pois por qualquer motivo que for sua demissão ele pode alegar preconceito, criando assim um problema sério para o empregador. 4 º A lei como estava prevista se referia a Igreja também, pois normas internas estão abaixo das lei do País concordando a lulu ou não. 5º Essa lei torna a Bíblia um livro homofóbico, abrindo uma brecha para que ela seja proibida, como é em alguns Países. 6º Independente dos seus textos, essa lei não engloba a todas as classes de pessoas, ela coloca o homossexual como um ser superior o que na realidade não o é. 7º Quanto a sua vida pessoal não me interresa em nada, só que para se dar valor a um texto a credibilidade conta muito, e pra isso acontecer o autor tem falar a verdade, por isso é que eu insisti pra vc assumir sua homossexualidade mas se quer o problema não é meu, fotos não querem dizer muita coisa concorda?, quanto a Kalhysha que escreveu I'm a girl, queria lembrar que a Ana Carolina também é , mas gosta muito de menina. Não se deixem enganar, pois unidos somos muito mais fortes que qualquer minoria, diga não a ditadura gay.

Sidnei disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sidnei disse...

Kalhysha querida não tenho o costume do xingamento, este que adm o blog sim, pois me chamou de burro, e quanto a vc usar o feminino é claro que percebi, quem não percebeu a ironia foi vc. torcer pra vc ler isso antes que ela apague.

Kalhysha disse...

Ok Sidnei. Agora me explica como que essa lei coloca os homosexuais acima dos outros???

Até a pouco tempo eu estava sendo contrária a lei pois só lia artigos que mostravam que eles seriam elevados acima dos outros. Mas depois que li a lei inteira percebi que não é isso.

Nenhum juíz vai proteger os homosexuais mais do que eles precisam. Essa lei apenas vai fazer com que não seja permitido colocar a opção sexual acima do carater, personalidade, desempenho e eficiencia da pessoa no trabalho.
Mas quem quer demitir por ser homosexual, vai continuar fazendo...como continuam demitindo neguinho de favela porque são neguinhos de favela 'e nada de confiavel pode vir de uma favela', do mesmo jeito que continuam a dar preferencia pra homens ao invez de mulheres independentes "porque mulheres são futeis e vadias, vão distrair meus homens", do mesmo jeito que se uma mulher casa logo a demitem antes que fique gravida.

Vão continuar fazendo??? Claro que vão. Mas agora ao menos terão que ao menos se darem mais ao trabalho.

Quanto a biblia, ela é anti-semita e mesmo assim não é proibida apesar de que ser anti-semita é crime de preconceito religioso. Ela é homofóbica (apenas no antigo testamento, quando também proibem você de comer carne de porco e encostar numa mulher menstruada) e vai continuar sendo o livro mais poderoso do mundo. Nenhuma contituição de um país não fanatico religioso não critão vai proibi-la.

Quanto a constituição, ela precisa de reformas mesmo. Porra, tem uma lei de crime de sedução....sabe o quão ridiculo é o crime de sedução???? Muito! E mesmoa ssim continua sendo crime fazer sexo com adolescentes acima de 16 solteiras no nosso país.

Nosso país tem tanto problema de impunidade justamente porque nossa constituição é uma bagunça que precisa ser reformada. Defender que a constituição deve permanecer imutavel é defender as brachas da lei que tanto temos aqui.

ps: a orientação sexual de alguém não faz com que mudem de sexo ou se tornem mais masculas/afeminadas -.- transexual é diferende de homosexual...e nem todo homosexual é uma bicha escandalosa ou um sapatão enrrustido.
E me chamar de lésbica não vai me afetar cara.... quando vai perceber que eu sou contra o preconceito, logo pra mim isso não é ofensa -.- ...é a mesma coisa que me chamar de ...'menina de olhos castanhos'

Sidnei disse...

Kalhysha gostei de vc ter se comunicado comigo de uma maneira educada, agora sim podemos dialogar respeitando as nossas diferenças, mesmo que um não aceite a do outro, o que importa é um dialogo sádio, hoje estou numa correria só , mas se vc quiser continuar a conversa amanhão estou a disposição, um abraço.

Luiz Freitas Blog disse...

1º o que penso é imutável sim, em se tratando do assunto em questão, tanto é que até a Marta Suplicy está recuando temporariamente porque percebeu que o Povo em sua MAIORIA é contrário a essa lei criminosa.
________________________________________________

Ja que estamos tratando aqui de opiniões pessoais e não de fatos, creio que ela não deveria ter voltado atras com a lei, ja que do mesmo modo que existem juízes, advogados e outros tipos de gente que discordam, também existem os juízes, advogados e parlamentares que concordam.
________________________________________________
2º É porta para a pedofilia sim, porque abre precedente devido a livre Orientação Sexual, uma pessoa pode chegar perante o Juiz e alegar que a Orientação Sexual dele é com meninos ou meninas menores de idade e que não obrigou ou forçou á ninguém, vai com isso deixar o Juiz em uma situação difícil, porque nossas leis são falhas e os advogados vivem procurando furos na lei e quanto a dizer que é crime previsto, vale lembrar que a união gay esta prevista na constituição como errada pois consta que família é entre homem e mulher e o STF afrontou a mesma, podendo acontecer também o mesmo em casos como esse e digo que corroboram com esse pensamento, Juristas, Juizes, Advogados de renome e não um blogueiro qualquer.
________________________________________________
Me apresente um advogado que seja capaz de provar o contrario do que vou dizer a seguir e então eu digo que você tem razão.

Na constituição não diz que APENAS a união entre homens e mulheres pode ser reconhecida pelo estado, mas que a união entre homens e mulheres o é. não existe nenhum artigo da constituição que proíba a união estável entre pessoas do mesmo sexo, portanto, permitir a união dos mesmos não é anticonstitucional sob nenhum aspecto.
A constituição garante direitos iguais a todos, portanto, todos os brasileiros ou estrangeiros residentes no pais tem os mesmos direitos.
Também na Constituição está escrito que ninguém pode violar os direitos do próximo, e uma criança ou adolescente abaixo de 14 anos não é responsável pelas próprias decisões, então mesmo que a mesma alegue que foi consentido(muito difícil, pois quando casos como esse chegam ao juri é porque foi descoberto o abuso pela família ou parentes próximos e dificilmente alguém defenderia o pedófilo depois disso.) a pessoas que abusou do menor vai presa com base nas leis 12.015 e 8.069 nos artigos que eu ja citei acima.

Pronto, Sidnei, use agora bases legais e fatos jurídicos para me provar o contrario e então se você conseguir, concordo com você e te dou razão.

Luiz Freitas Blog disse...

3º Tenha os Pais todo o direito de não querer por ex: que uma babá homossexual cuide dos seus filhos, isso não é preconceito isso é zelo, esse lei coloca o homossexual como ser competente por natureza, pois por qualquer motivo que for sua demissão ele pode alegar preconceito, criando assim um problema sério para o empregador.
_______________________________________________

Me explique por que o motivo de um heterossexual não querer um homossexual tomando conta dos seus filhos é zelo e não preconceito e quando fizer isso por favor use algo mais forte e incontestável do que a sua opinião pessoal.

Ao resolver o empregador demitir alguem por incompetência, atrasos constantes, assédio de outro funcionario, insubordinação ou qualquer outro motivo que possa servir de motivo para demissão, deve o empregador antes de efetuar a demissão registrar tais defeitos do funcionario em livros de ponto, advertências que podem ser assinadas tanto pelo empregado como por 2 testemunhas caso o empregado se negue, ao fazer isso, justifica totalmente a demissão e faz com que mesmo que o ex funcionário haja de má fé abrindo o processo por preconceito não consiga levar o processo adiante e ainda exista a possibilidade de ele ser punido pela lei por causa disso.

No que se trata de demissão por redução de gastos ou pelo fato de não necessitar mais do funcionário, isso pode ser provado ao olhar registros de caixa, produção e outras coisas...

________________________________________________
4 º A lei como estava prevista se referia a Igreja também, pois normas internas estão abaixo das lei do País concordando a lulu ou não.


O artigo 8º-B da lei diz que é proibido cercear os direitos de livre expressão e impedir a manifestação de afeto homossexual em locais onde isso é permitido aos outros cidadãos. Ou seja, se não é permitido a ninguem, isso significa que nem heterossexuais e nem homossexuais.
Quanto ao artigo 8º-A, proibe as mesmas coisas, mas só em caso de preconceito ou discriminação, ja que é disso que se trata a lei. Se for proibido a todos, não é por preconceito e nem por discriminação, logo, não entra no contexto da lei.
________________________________________________
5º Essa lei torna a Bíblia um livro homofóbico, abrindo uma brecha para que ela seja proibida, como é em alguns Países.

A Biblia, assim como todos os livros de origem religiosa e todos os religiosos estão protegidos por uma lei nomeada de lei de liberdade religiosa, tornando possivel que assim disseminem suas crenças, contanto que ao faze-lo, não conflitem com outras leis.
____________________________________________

6º Independente dos seus textos, essa lei não engloba a todas as classes de pessoas, ela coloca o homossexual como um ser superior o que na realidade não o é.


Mais uma vez peço que você me prove com argumentos jurídicos, como eu mesmo fiz ao falar sobre a lei 7.716.
O Projeto de Lei 122 apenas sugere acrescentar sexo, gênero, identidade de gênero e opção sexual a uma lei que ja trata de preconceito e discriminação por cor, raça, religião, procedência nacional, etnia, condição de idoso e deficiência englobando assim quase a população brasileira inteira. Creio que para completar a lei perfeitamente deveriamos acrescentar o termo "condição social" ja que os menos favorecidos financeiramente são constantemente discriminados.
E claro, adicionar o artigo 8º que em suas duas formas(8º-A e 8º-B) tambem trata de todos os tipos de cidadão ja antes citados.

Luiz Freitas Blog disse...

Pronto Sidnei, espero agora a sua resposta aos meus argumentos.

Postar um comentário